Bonner alfineta Mario Frias sobre R$ 39 mil gastos nos EUA: ‘Por que não online?’

O jornalista William Bonner questionou, no “Jornal Nacional”, da Globo, por que o secretário especial da Cultura, Mario Frias, gastou R$ 39 mil em uma viagem aos Estados Unidos para ver um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo o Portal da Transparência (clique aqui para acessar), a viagem considerada “urgente” pelo governo aconteceu para que o secretário discutisse “um projeto cultural envolvendo produção audiovisual, cultura e esporte” com o lutador de jiu-jitsu brasileiro Renzo Gracie.

O caso foi tema da escalada do jornal da Globo, com Renata Vasconcellos indicando que não se sabe o motivo de tal urgência. “Nem por que a reunião não foi online, como o planeta inteiro começou a fazer na pandemia”, ironizou Bonner.

Os voos de ida e volta, na classe executiva, custaram R$ 26 mil (R$ 13 mil cada trecho). Frias também recebeu R$ 12,8 mil em diárias, além da contratação de um seguro-viagem de R$ 305. No total, R$ 39,1 mil.

Isto é

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

47  +    =  53

Botão Voltar ao topo