SHARE

O coordenador da secretaria de Comunicação da Contee, Alan Francisco de Carvalho, participou de audiência pública sobre a reforma da Previdência na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), realizada em parceria com o Fórum Goiano Contras as Reformas Trabalhista e da Previdência. Foi denunciado que a proposta do Governo Bolsonaro prejudica principalmente as pessoas que mais dependem da Previdência Social, em especial os idosos carentes, professoras, professores e trabalhadoras do campo.

“Além de aumentar o tempo de contribuição e a idade para a aposentadoria, além de desconstitucionalizar o direito previdenciário, além de outras coisas, há ainda a maldade contra os idosos. Isso é intolerável”, pontificou Alan.

A sessão local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) lembrou que há pontos controversos na proposta, como o período de transição e o Benefício de Prestação Continuada, destinado aos idosos, que é reduzido a R$ 400,00 mensais. Foi denunciada, também a propaganda oficial enganosa sobre a reforma – “ela não vai resolver o problema fiscal e nem a crise econômica”, afirmou a representante do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), Leila Brito.

Durante o encontro, foi distribuído aos presentes o jornal da Contee que analisa a proposta governamental da reforma e conclama à greve geral de 14 de junho.

Por Carlos Pompe

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here