Nota de repúdio à violência policial contra trabalhadores e estudantes no #OcupaBrasília

167
0
COMPARTILHE

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee manifesta seu repúdio à truculência e a violência empregadas ontem (29) pela Polícia Militar do Distrito Federal contra a manifestação pacífica em frente ao Congresso Nacional. O movimento #OcupaBrasília e a marcha contra a Proposta de Emenda à Constituição 55, votada ontem em primeiro turno pelo Senado, foram uma manifestação democrática que teve como objetivo denunciar os enormes prejuízos que serão acarretados pela redução dos investimentos em políticas públicas e que atingirá severamente, entre outras áreas importantes, a saúde e a educação.

 

Somos uma entidade sindical que representa educadores, sejam professores ou técnicos e administrativos. Como trabalhadores em educação, lidamos diariamente também com os estudantes que têm mostrado força e coragem em seu movimento. Nem nós nem eles incentivamos qualquer tipo de depredação ao patrimônio público. O ato realizado ontem foi pacífico e asseguramos que nenhum ato violento partiu dos manifestantes do #OcupaBrasília. Por outro lado, a repressão policial do governador Rolemberg, que jogou bombas de efeito moral, gás de pimenta, cavalaria e balas de borracha contra trabalhadores e estudantes, incluindo menores de idade, é mais uma amostra do autoritarismo. A PEC imposta à revelia do Estado de Bem-Estar Social, o vazio do Plenário do Senado durante a votação da proposta e a violência contra os manifestantes são três faces do golpe que estamos enfrentando: contra a democracia, contra o povo, contra o Brasil.

 

Cavalaria 4 Cavalaria 3 cavalaria 2 cavalaria

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee

Fotos: Mídia Ninja

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here