Coordenador-geral da Contee conclama entidades para o Curso Nacional de Formação

321
0
COMPARTILHE

“O retorno das atividades escolares e parlamentares neste segundo semestre traz desafios para todos os trabalhadores e trabalhadoras em educação, bem como para as entidades sindicais, que sofreram ataques estruturais com a aprovação da Reforma Trabalhista. E uma das formas de enfrentamento está na formação”, destacou hoje (31) o coordenador-geral da Contee, Gilson Reis, conclamando as entidades da base da Confederação a inscreverem seus representantes no 1° Curso Nacional de Formação e Gestão Sindical da Contee: Formação, Mobilização e Conquistas, que será realizado em São Paulo, nos dias 18 e 19 de agosto, em parceria com o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES).

As inscrições podem ser feitas, pelo Portal da Contee, até a próxima sexta-feira, 4 de agosto. Os temas abordados estão relacionados ao movimento sindical, à conjuntura política e à gestão sindical. As aulas incluem: origens do sindicato e história do movimento sindical brasileiro; concepções sindicais; gestão financeira das entidades sindicais; e a importância da formação sindical e do Planejamento Estratégico Situacional (PES). Cada sindicato e federação pode inscrever um participante, preferencialmente o responsável pela pasta de formação. A Contee ficará responsável por todas as despesas do curso, ao passo que as entidades filiadas precisarão arcar apenas com os custos de transporte, alimentação e hospedagem.

“A luta de classes sempre esteve em marcha e agora estamos num momento crítico, no Brasil e no mundo”, ressaltou Gilson. “É fundamental que a categoria conheça e dê valor à sua história e, nesse sentido, o Curso de Formação é uma estratégia de enfrentamento à crise”, completou, lembrando que a iniciativa da parceria com o CES foi uma estratégia de fortalecimento da Confederação que antecipou a própria aprovação da Reforma Trabalhista.

A questão do fortalecimento da formação sindical tem sido enfatizada pelo coordenador-geral da Contee em todas as atividades das quais tem participado ao longo do último mês, com destaque para o 7° Conselho Sindical da Federação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro (Feteerj) e o XIII Encontro Nacional da Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (Proifes-Federação), cuja abertura ocorreu no último dia 26. Nela, Gilson salientou a importância de os trabalhadores e do sindicalismo estarem preparados para o cenário adverso para a educação no próximo período. “São várias medidas que vêm destruir os avanços civilizatórios, no Brasil e no mundo, e esta situação nos coloca novos desafios. Só a reforma trabalhista prevê novos tipos de contrato, tanto no setor público quanto no privado, e temos que pensar novas formas de combater estes retrocessos, construindo unidade neste processo”.

Por Táscia Souza

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here