Crianças com comorbidade serão as primeiras imunizadas contra covid-19

Segundo a nota técnica, a vacinação de crianças e adolescentes contra Covid-19 é uma ferramenta fundamental para o controle da pandemia

Jornal GGN – As crianças de cinco a 11 anos de idade vão ser imunizadas contra a covid-19 sem que seja preciso apresentar prescrição médica. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde.

Os primeiros a serem imunizados serão os menores comorbidade, deficiência permanente, indígenas e quilombolas e, em seguida, como crianças que vivem com pessoas que integram o grupo de risco.

Em seguida, haverá um escalonamento por faixa etária, começando pelas crianças mais velhas. Segundo o jornal Folha de S. Paulo , a vacinação das crianças elaborada no dia 14 de janeiro.

Cerca de 20 milhões de doses pediátricas da aplicação pela Pfizer devem chegar ao país até março, uma quantidade que é suficiente para imunizar aproximadamente 50% da população de cinco a 11 anos.

A expectativa é que 3,7 milhões de doses cheguem ao Brasil até o final do mês de janeiro. As doses serão distribuídas de maneira proporcional entre os estados e o Distrito Federal.

A imunização das crianças não será obrigatória, e o Ministério da Saúde desistiu da exigência de apresentação de prescrição médica e consentimento dos pais.

Jornal GGN

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

49  +    =  59

Botão Voltar ao topo