CTB-MG repudia repressão na Câmara de BH

48
1
SHARE

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em Minas Gerais (CTB-MG) vem a público repudiar, veementemente, os atos de violência cometidos nessa quarta-feira (09/10) pelos seguranças da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) contra vários manifestantes que protestavam democraticamente nas galerias da casa do “povo” contra o projeto de Lei “Escola sem Partido” que, na verdade, deveria se chamar “Escola da Mordaça”. Essa proposta, que é defendida por vereadores fundamentalistas, desconhece a educação e tem como único objetivo silenciar professores e alunos ao proibir o debate em sala de aula.

A CTB solidariza-se com todos que foram, de uma forma ou de outra, agredidos nas dependências da Câmara Municipal de Belo Horizonte e reafirma o seu posicionamento em defesa da democracia e de um Estado laico, com uma educação crítica, pública e de qualidade. Não nos curvaremos diante de vozes obscurantistas e medievais que, em nome de uma falsa defesa da educação, desejam impor a censura e a violência.

CTB-MG

1 COMENTÁRIO

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME