Decreto sobre posse de armas afetará 169 milhões de brasileiros

15
0
SHARE

A explosão de violência causada pelo golpe servirá de pretexto para armar a população brasileira em quase sua integralidade. Levantamento feito pelo jornal O Globo com base nos dados do IBGE mostra que 169 milhões de brasileiros serão afetados pelo novo decreto de posse de armas. A ideia de Bolsonaro é flexibilizar a posse de armas de fogo para moradores de cidades violentas e áreas rurais, além de servidores públicos que exerçam funções com poder de polícia e proprietários de estabelecimentos comerciais.

A reportagem do jornal O Globo aponta os números alarmantes na nova “concepção” de combate à violência do governo: “dados do IBGE e do Ministério da Saúde cruzados pelo GLOBO mostram que pelo menos 169,6 milhões pessoas — quatro em cada cinco brasileiros — podem ser diretamente afetados caso seja mantida no texto a possibilidade de acesso a armas por moradores de cidades com taxas de homicídios superiores a dez mortes para cada 100 mil habitantes. Ao todo, 3.179 dos 5.570 municípios estão acima desta linha de corte.”

A matéria ainda destaca que “segundo o texto do decreto ainda em análise, os interessados podem ter até duas armas em casa. A efetiva necessidade de possuir um armamento passa a incluir automaticamente residentes em áreas rurais, proprietários ou responsáveis legais por estabelecimentos comerciais, além de servidores públicos que tenham funções com poder de polícia.”

E acrescenta: “no caso de residências onde vivem crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental, o texto preliminar prevê a obrigação de que o proprietário da arma tenha um cofre para guardá-la. O decreto manterá outras exigências para a obtenção da posse, como a idade mínima de 25 anos e a comprovação de capacidade técnica e psicológica para manusear o armamento.”

Brasil 247

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here