COMPARTILHE
Reprodução

A coordenadora da Secretaria de Defesa dos Direitos de Gênero e LGBTT da Contee, Gisele Vargas, o coordenador da Secretaria de Finanças, José de Ribamar Virgolino Barroso, e o coordenador da Secretaria de Saúde dos Trabalhadores em Educação, Celso Woyciechowski, passaram esta semana em Belo Horizonte, Minas Gerais, participando da 4ª Conferência Nacional de Formação da CUT, que começou na última segunda-feira (27) e se encerra nesta sexta (31). Woyciechowski, inclusive, concluiu sua pós-graduação no Programa de Formação de Dirigentes Antes, Agora e Amanhã (FDA), o primeiro em parceria com a Escola de Ciências do Trabalho do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

O objetivo da Conferência, segundo informações da CUT, foi debater “as transformações do mundo do trabalho, a reorganização do capital financeiro e o impacto que as medidas de retirada de direitos dos trabalhadores podem provocar na vida dos trabalhadores e trabalhadoras”.

“A 4ª Conferência Nacional de Formação da CUT acontece num momento importante para o movimento sindical, para a Central e para país, pois tem o papel de discutir as estratégias organizativas da classe trabalhadora”, destacou Gisele Vargas. “O projeto neoliberal que avança no Brasil e no mundo e que está transformando o mundo do trabalho necessita ser entendido pela classe trabalhadora, que precisa criar mecanismos para resistir. Isso se dá por meio da formação.”

O coordenador-geral da Contee, Gilson Reis, também esteve presente na Conferência neste sexta-feira, assim como o coordenador da Secretaria de Assuntos Jurídicos, João Batista da Silveira compareceu na última terça (28).

Por Táscia Souza

COMPARTILHE

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME