COMPARTILHE

A Contee está entre as signatárias do documento enviado nesta semana à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) solicitando uma audiência pública sobre a escalada de violações à liberdade de expressão e os ataques aos direitos humanos no Brasil.

Não é a primeira vez que o tema é tratado. Em março deste ano, a CIDH já realizou audiência sobre o crescente problema no país. Desta vez, entidades da sociedade civil brasileira chamam a atenção sobre como a restrição dos espaços de participação social nos órgãos de Estado e de acompanhamentos de políticas públicas vem impactando negativamente a democracia.

No relatório produzido pelas entidades, foram atualizados os casos de agressões contra comunicadores e as tentativas de censuras a veículos de comunicação. O documento também traz detalhes sobre os casos de perseguição e as privatizações na Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e relata a recriação do Ministério das Comunicações para instrumentalização política e a fim de atender às demandas do setor empresarial. Ainda são abordados os ataques às comunidades indígenas e às mulheres, além das dificuldades no acesso à informação.

Confira o documento

Com informações do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé

COMPARTILHE

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME