Fepesp: Em meio à crise no Enem, ministro da Educação vai a Paris por uma semana

A crise no Ministério da Educação não parece preocupar o ministro Milton Ribeiro. Apesar de dois coordenadores do instituto que realiza o Enem terem sido exonerados e de outros 35 funcionários terem pedido demissão, Ribeiro, seu secretário-executivo, Victor Godoy Vega, e o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte, foram para Paris na segunda-feira para participar da 41ª Conferência Geral da Unesco com passagem e diárias pagas pelo governo.

Ou seja: às vésperas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e em meio a uma crise no instituto que realiza o exame, a cúpula do ministério está ausente de Brasília. A portaria que chancelou o afastamento do ministro foi assinada por Jair Bolsonaro.

Da Fepesp

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3  +  4  =  

Botão Voltar ao topo