Nota pública em defesa do investimento mínimo em educação

Contee diz rotundo não à proposta que desobriga estados e municípios da aplicação de 25% da receita na manutenção e no desenvolvimento do ensino

Mais um ataque à educação pública. Ataque para tirar mais recursos da educação por meio da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 13/21, do senador bolsonarista Marcos Rogério (PL-RO), que desobriga estados e municípios do investimento mínimo em educação.

A proposta foi aprovada na semana passada em 2 turnos pela Câmara dos Deputados. Texto, agora, vai à promulgação.

A proposta é absurda!

Estados, municípios e agentes públicos desses entes federados não poderão ser responsabilizados administrativa, civil ou criminalmente pelo descumprimento da aplicação, exclusivamente nos exercícios financeiros de 2020 e 2021, na manutenção e desenvolvimento do ensino do mínimo de 25% da receita resultante de impostos.

A Confederação é totalmente contra a proposta, pois país que quer se desenvolver não pode retirar recursos da educação!

Brasília, 18 de abril de 2022.

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Contee

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  65  =  72

Botão Voltar ao topo