Pesquisa quer saber opinião de pais e professores sobre situação da educação em meio à pandemia

Da Redação

O Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS iniciou nesta quinta-feira (23), em Porto Alegre, uma uma pesquisa que pretende ouvir mães, pais, responsáveis, educadoras e educadores da rede básica de ensino de Porto Alegre nos âmbitos de escolas públicas e privadas, sobre a educação na pandemia do COVID-19 e as condições necessárias para o retorno seguro às atividades presenciais nas instituições de ensino com o objetivo de pensar na qualidade do acesso à educação e da garantia das condições mínimas de segurança e proteção à vida durante e após a pandemia.

A pesquisa está sendo coordenada pela Associação Mães & Pais Pela Democracia (AMPD) e apoiada pelas seguintes entidades: Associações de Orientadores Educacionais do Rio Grande do Sul (AOERGS), Associações dos Supervisores Educacionais do Rio Grande do Sul (ASSERS), Fórum Gaúcho de Educação Infantil (FGEI), CPERS/Sindicato, Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), SINPRO-RS e SINASEFE-IFSul.

O objetivo é contribuir para que as medidas que estão sendo tomadas pelo poder público estejam de acordo com a realidade das famílias e com a realidades educacional da cidade de Porto Alegre. Os resultados serão divulgados em uma coletiva de imprensa,dia 30 de julho, às 15h.

A pesquisa pode ser respondida por mães, pais, responsáveis, educadoras e educadores da rede pública estadual, municipal e privada da cidade de Porto Alegre. As pessoas não precisam se identificar e os dados serão analisados de forma geral garantindo o sigilo das informações. A responsabilidade técnica da pesquisa é da socióloga e presidenta da AMPD, Aline Kerber e da socióloga Sabrina Leal. Informações podem ser obtidas pelo e-mail maesepaispelademocracia@gmail.com ou comitepopulardeeducacao@gmail.com ou pelo telefone (51) 99363-7965 com Aline Kerber.

Para responder a pesquisa, acesse o link: https://aulaspandemiapoa.questionpro.com

Sul 21

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo