COMPARTILHE
Reprodução

O coordenador-geral da Contee, Gilson Reis, gravou mensagem à categoria e às entidades filiadas realçando a função dos sindicatos como “centros de solidariedade de classe, para ajudar a resolver, não só os momentos psicológicos, de drama, vividos individualmente e coletivamente, mas também a situação do emprego, do trabalho e da renda, que têm sido destruídos neste período” de pandemia.

Segundo ele, “em todos os setores da educação privada nós estamos tendo ataques, mas quero destacar dois setores que precisam ter total atenção: os auxiliares, que têm sido destruídos nos seus postos de trabalho; e os professores da educação infantil, que estão perdendo, também, sua condição de trabalhadores e trabalhadoras”.

Gilson alerta para a necessidade de os assalariados enfrentarem a difícil situação presente “com força e determinação e descortinar um novo momento para para o trabalho e educação no país. É fundamental fortalecer as entidades sindicais e a nossa luta em defesa de nosso trabalho, principalmente neste período do chamado trabalho remoto, que tem causado o aumento excessivo do nosso fazer, bem como a situação dos trabalhadores auxiliares da educação escolar, uma grande parte terceirizados, demitidos subcontratados”.

Assista ao vídeo:

Carlos Pompe

COMPARTILHE

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME