Sinpro Macaé e Região apresenta propostas para fechar acordo com Faculdade Salesiana e defender professores

132
0
COMPARTILHE

A luta em defesa dos professores da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora continua. Na última semana, no Ministério Público do Trabalho (MPT), em Cabo Frio, o Sindicato dos Professores de Macaé e Região (Sinpro Macaé e Região) apresentou propostas para fechar um acordo coletivo e garantir direitos sociais e as reposições salariais acumuladas desde 2018.

A audiência de mediação teve como objetivo a saída do impasse instaurado pela instituição no processo de negociação. Além disso, o Sindicato se posicionou contrário diante da discussão proposta pela Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora de reduzir o salário da professores. Foram ainda apresentadas as propostas aprovadas na assembléia Geral dos Professores como o pagamento dos salários, conforme o piso; garantir a estabilidade dos postos de trabalho; e de outras condições, sem que haja a redução salarial.

No encontro, o Sindicato mais uma vez reafirmou que é contrário qualquer tentativa de retirada de direitos conquistados e reiterou a manutenção da comissão paritária para que seja avaliada a situação financeira da instituição.

Quer saber o que ficou decido na audiência? Clique aqui para conferir a ata da reunião.

O Sinpro pediu vista dos documentos que comprovem a situação financeira alegada pela instituição. O prazo para mostrar estes documentos é o dia 20 de dezembro. Além da apresentação dos documentos, cabe a instituição encaminhar a relação nominal dos professores conforme cláusula do Acordo Coletivo de Trabalho proposto.

A Salesiana precisa analisar e dar o retorno do acordo firmado no MPT até o dia 28 de janeiro.

Do Sinpro Macaé e Região

COMPARTILHE

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME