Sinpro Minas ganha ação na Justiça contra a PUC

62
0
SHARE

A Justiça do Trabalho proibiu a PUC Minas de alterar a jornada de trabalho dos professores contratados sob o regime de dedicação integral.

Desde o final de setembro deste ano, a direção da Universidade mudou as regras de assinatura de ponto desses docentes e passou a exigir a presença deles na instituição de ensino, em horários sem atividades em sala de aula.

A Justiça entendeu que a medida adotada pela PUC Minas feriu os direitos dos professores e descumpriu normas previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria.

A decisão da Justiça atendeu a uma ação ajuizada pelo Sinpro Minas, diante da irregularidade praticada na instituição de ensino.

Caso seja descumprida, foi estabelecida uma multa de mil reais por mês, a ser paga a cada professor prejudicado.

Do Sinpro Minas

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME