Sinpro-RS: Professores que sofrem violência no ambiente escolar têm atendimento especializado

O Núcleo de Apoio ao Professor conta com equipe multidisciplinar que acompanha e da suporte aos professores nas áreas psicológica, sindical e jurídica

Durante a pandemia de covid-19 cresceram os registros de casos de desrespeito com os professores, excessos por parte das coordenações e desconsideração com o trabalho docente nas instituições de ensino, de acordo com a equipe do Núcleo de Apoio ao Professor Contra a Violência (NAP).

O serviço oferecido pelo Sindicato dos Professores (Sinpro/RS) conta com equipe especializada que atuou nestes casos dando todo o encaminhamento necessário desde o acolhimento, acompanhamento psicológico e, quando necessário, atuação diretamente na instituição de ensino.

“O Núcleo de Apoio nasceu de uma demanda da categoria que, em razão de situações constrangedoras no ambiente educacional, sofrem solitariamente. São muitas as situações de violência a que o professor está exposto, seja moral, psicológica ou até física. O objetivo é disponibilizar esse atendimento com todo o cuidado necessário”, explica Cecilia Farias, diretora do Sindicato.

A diretora salienta ainda que todas as informações trazidas nos atendimentos são sigilosas e que cada caso é tratado especificamente e com muito cuidado pela equipe do NAP. As denúncias podem ser encaminhadas diretamente pelo site do Sindicato ou em atendimentos agendados previamente por telefone ou e-mail. Acesse aqui os contatos e endereços do Sinpro/RS.

Criado pelo Sinpro/RS em 2007, o Núcleo de Apoio promove reuniões periodicamente na Sede Estadual e Regionais do Sindicato. A equipe é formada por diretores do Sinpro/RS, psicólogos e advogados, além de parceiros que atuam eventualmente.

Do Sinpro-RS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  64  =  69

Botão Voltar ao topo