Sinproep-DF: Pela vacinação dos professores, Sinproep aciona Justiça

Em reunião nesta sexta-feira (15), a Secretaria de Saúde do Distrito Federal divulgou que os professores voltarão a fazer parte dos grupos prioritários no plano de vacinação contra a Covid-19. O Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino (Sinproep-DF), apesar do anúncio, prepara uma ação liminar na Justiça para garantir o direito dos trabalhadores da educação privada, caso essa decisão não se confirme.

A ação será aberta pela necessidade de incluir os professores no grupo de risco, sendo profissionais que trabalham diretamente com milhares de alunos, expostos a ambientes nocivos, suscetíveis a transmissão da doença.

O Sinproep mantém o diálogo com o Governo do Distrito Federal. “Entendemos que os professores estão na linha de frente, principalmente da rede privada que já retornaram às atividades presenciais”, afirmou Rodrigo de Paula, diretor jurídico do Sinproep.

Mudanças

Na quarta-feira (13), o Plano Distrital de Vacinação do DF havia passado por alterações, com redução dos grupos prioritários de quatro para três. A mudança havia deixado de fora os professores. O retorno para a lista de prioridade, em um quarto grupo, acrescenta mais de 78 mil profissionais ao processo inicial de imunização.

Segundo a presidente do Sinproep, professora Karina Barbosa, a imunização da categoria garantiria tranquilidade no ambiente escolar. “É momento de pensar naqueles que estão em meio ao risco, vacinar os docentes garante segurança aos alunos e familiares”, destacou.

Sinproep-DF

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo