Sinproeste: Sesc e Senac se recusam a pagar 100% da inflação e negociação continua em acordo

Às 17h de ontem (14/12) ocorreu mediação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) sobre a negociação da reposição salarial do Sesc e do Senac. Infelizmente, os sindicatos saíram da reunião sem avanços. As instituições se recusam a repor a integralidade da inflação (9,22%) aos professores.

A presidente do Sinproeste, professora Juleide Almeida Corrêa, lembra que as instituição pagaram metade da inflação. Ela relata que o Sesc e o Senac querem o perdão do não pagamento do restante do percentual. O Sinproeste sugere renegociar a reposição salarial pendente na próxima campanha salarial, em 2022, o que as instituições também se negam a fazer.

“Não podemos simplesmente perdoar o Sesc e o Senac e aceitar que os professores paguem a conta sozinhos! Entendemos a situação difícil provocada pela pandemia, e justamente por isso estamos abertos a negociar a forma de efetivar essa reposição salarial, mas não podemos aceitar que a reposição não aconteça”, ressalta Juleide.

Diante do impasse, não houve avanços e uma nova reunião de mediação no TRT foi agendada para dia 14 de fevereiro de 2022.

Do Sinproeste

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

41  +    =  43

Botão Voltar ao topo