SinproSP: Assembleia aprova previsão orçamentária  para 2021

Professoras e professores sindicalizados reuniram-se em assembleia virtual, dia 19 de novembro, para definir a sustentação financeira do SinproSP e como os recursos arrecadados deverão ser usados no próximo ano. A proposta para previsão orçamentária apresentada pela diretoria do Sindicato foi aprovada por 81% dos votos.

Assembleia em janeiro

Luiz Antonio Barbagli, presidente do SinproSP, abriu a assembleia explicando que o Sinpro SP é mantido apenas pelas professoras e professores sindicalizados e por isso, só eles podem deliberar sobre o orçamento da entidade.

Luiz anunciou que a próxima assembleia ocorrerá no final de janeiro, quando a categoria retornar do recesso, com dois temas em destaque: as próximas negociações salariais e a reestruturação do trabalho docente, em razão da pandemia. “Há ainda muita indefinição sobre a conjuntura no próximo ano e isso repercutirá sobre a atividade docente”, explicou Barbagli.

A sustentação financeira do SinproSP em 2021

A Assembleia manteve a anuidade de 9% de um salário mensal, paga em doze parcelas de 0,75%, entre janeiro e dezembro. Caso a professora ou professor lecione em mais de uma escola, a mensalidade é cobrada apenas sobre um dos salários, à escolha do docente.

Segundo Celso Napolitano, tesoureiro do SinproSP, a previsão para o próximo ano levou em conta a arrecadação de 2020. Quase 65% da receita vem da mensalidade paga por quem optou por se filiar ao Sindicato. Os demais recursos vêm de serviços prestados, aplicações financeiras e locações.

Política adotada no SinproSP é modelo no país

O SinproSP é uma das poucas entidades do país que se mantém apenas com a contribuição dos sindicalizados, sem nenhuma taxa compulsória cobrada de toda a categoria. Foi um projeto pioneiro iniciado em 1998, numa assembleia histórica que aprovou proposta da diretoria para acabar com a taxa assistencial, até então descontada dos sindicalizados e não sindicalizados.

Era um projeto inédito e ambicioso mostrou-se acertado. A política do SinproSP ampliou o número de sindicalizações e democratizou o sindicato. Também permitiu o crescimento da entidade e garantiu a sua independência econômica, uma questão que se revelou vital para a defesa dos direitos sociais e trabalhistas.

Do SinproSP

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo