SinproSP: Ensino superior — estabilidade no emprego vai até 24 de janeiro

Ao julgar o dissídio coletivo dos professores do ensino superior no último dia 26, o colegiado concedeu estabilidade no emprego por noventa dias corridos. Segundo o Precendente Normativo 36 do TRT da 2ª Região, a estabilidade começa a contar após o julgamento. Assim, o período no qual nenhum professor poderá ser demitido se estenderá até 24 de janeiro de 2023.

O SinproSP aguarda a publicação do acórdão para detalhar melhor a sentença, especialmente as cláusulas que foram deferidas pelos desembargadores. O reajuste salarial definido foi de 10,78%, reatroativo a março de 2022, nossa data base. Há cláusulas com vigência até fevereiro de 2026 e é especialmente por elas que devemos aguardar a sentença ser publicada.

Do SinproSP

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4  +  1  =  

Botão Voltar ao topo