Terroristas bolsonaristas tentam golpear novamente a democracia; Contee repudia

Ações antidemocráticas, que vandalizaram as sedes dos poderes em Brasília, foram debeladas pelas forças de segurança. É preciso identificar e punir, com os rigores da lei, quem praticou e financiou os atos

Brasília e o Brasil foram novamente surpreendidos, neste domingo (8), com nova tentativa de golpe de Estado por parte dos terroristas bolsonaristas. A Contee repudia de forma veemente a tentativa de ruptura da democracia e conclama aos poderes constituídos e às instituições da democracia a envidar ações enérgicas e eficazes contra o fascismo e o terrorismo bolsonaristas.

A entidade também repudia e pede ação enérgica contra inação do governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) e o, agora, ex-secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, ex-ministra da Justiça de Bolsonaro. Foram lenientes e até coniventes com que está a ocorrer em Brasília.

Cenas púbicas, filmadas, portanto, registradas, mostraram a PMDF (Polícias Militar do Distrito Federal) conduzindo os terroristas até a Esplanada dos Ministérios, alvo dos terroristas bolsonaristas.

A Contee, entidade sindical que representa os trabalhadores do ensino privado no Brasil – professores, técnicos e auxiliares – manifesta total e veemente repúdio à tentativa de destruição da democracia e do Estado de Direto.

Da mesma forma repudia a invasão e depredação do Congresso, instituição que representa o povo brasileiro, o Palácio do Planalto, sede do governo federal, e o STF (Supremo Tribunal Federal), que representa a Justiça brasileira.

Punição a todos que financiaram e praticaram os atos terroristas, com propósito de destruir a democracia e o Estado de Direito. Do contrário, esses terão vencido.

Brasília, 8 de janeiro de 2023.
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino – Contee

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

78  +    =  83

Botão Voltar ao topo