A vida tem nome!

“Somos substituíveis para o sistema” – Erismar Nunes de Oliveira, professora da rede estadual no Amazonas (Brasil de Fato 24/03/2021)

A CONTEE lança mais uma campanha em defesa das trabalhadoras e trabalhadores da educação em todo o país, em defesa da vida. Desde o início da pandemia, a Confederação e filiadas têm lutado pelo respeito à vida das e dos trabalhadores do ensino privado, e do público também.

No dia 19 de junho, o Brasil ultrapassou a lamentável marca de 500 mil mortes. Quinhentas mil pessoas, brasileiros e brasileiras, que pela negligência de um governo genocida e pela ganância sem ética e sem solidariedade perderam a vida.

É inadmissível que o lucro se sobreponha ao cuidar da vida daqueles que trabalham pela formação de uma sociedade justa e solidária. Em nome destes cidadãos a Contee lança esta campanha-manifesto.

Não é aceitável que, em plena pandemia, ainda sem vacinação adequada, governos estaduais e municipais permitam a reabertura das escolas sem as devidas medidas sanitárias de prevenção e de vacinação que garantam um convívio saudável e sem risco aos trabalhadores, estudantes e famílias das comunidades escolares.

A ética do educar está vinculada à ética da preservação da vida e da dignidade humana. Reafirmamos nossa luta e lembramos aos governantes e empresários da educação privada que nós, trabalhadores, temos nomes, não somos números descartáveis e substituíveis.

A vida não tem preço, tem nome!

Materiais da Campanha – Baixe aqui

FAXINEIRA MOTORISTA
PORTEIRO
PROFESSORA
SECRETÁRIA
TIA DA CANTINA FACEBOOK
TWITTER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2  +  6  =  

Botão Voltar ao topo