Sinpro Guarulhos: TRT julga ação do sindicato procedente e reconhece decisão dos professores

Professoras, professores,

Como sabem, o Sinpro Guarulhos precisou levar ao TRT a campanha salarial dos professores e professoras da Educação Básica, diante da recusa do sindicato patronal em negociar. No dia 8, por 7 votos a 2, o tribunal julgou procedente a ação de tutela antecipada e confirmou a conversão da tutela em dissídio coletivo econômico. Além disso, readequou o reajuste para 10,57% retroativos a março de 2022 e também definiu 90 dias de estabilidade para toda a categoria representada na ação.

Importante lembrar que em março de 2022, quando ingressamos na justiça com pedido de tutela antecipada, ainda não estavam disponíveis todos os índices que compõem a média inflacionária e, por isso, o TRT definiu em 10,34% o percentual de reajuste dos docentes. Agora com a readequação as escolas devem aplicar a diferença (0,23%) aos salários e pagar a diferença retroativa aos professores.

Além disso, em Guarulhos, professoras e professores das escolas privadas devem receber pelas JANELAS e ficar atentos ao pagamento de outras importantes conquistas recentes como o pagamento de provas substitutivas e a hora tecnológica.

Toda a luta política e jurídica foi para que a decisão dos professores em defender o que fora decidido no dissídio de 2021 fosse respeitada. Por isso é fundamental que todos e todas estejam vigilantes ao cumprimento dos nossos direitos e que fortaleçam o sindicato se associando.

Em caso de dúvida, entre em contato com o Sinpro Guarulhos: 2472-7098.

Do Sinpro Guarulhos

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7  +  3  =  

Botão Voltar ao topo