Bandeira da Palestina é hasteada pela primeira vez na ONU

Em cerimônia solene, a bandeira da Palestina foi hasteada pela primeira vez, na quarta-feira (30/9), ao lado das outras 193 que flamulam diante da sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, nos Estados Unidos. O gesto simbólico foi decidido pela grande maioria dos membros da Organização das Nações Unidos (ONU), à exceção de oito países, encabeçados por Estados Unidos e Israel. Desde 2012 o estado palestino é reconhecido como Estado observador não membro.

O presidente da ANP (Autoridade Nacional Palestina), Mahmoud Abbas, que presenciou a cerimônia, discursou no mesmo dia na Assembleia Geral da ONU. Entre outros pontos, Abbas foi categórico em dizer que o governo palestino não irá mais cumprir legalmente o acordo de paz de Oslo com Israel.

Assinado em 1993, o acordo marcava o processo de paz com Israel e a possibilidade de coexistência de dois Estados. Histórico, o tratado foi firmada pelo líder da OLP (Organização pela Libertação da Palestina), Yasser Arafat, e pelo premiê israelense, Yitzhak Rabin, em negociações mediadas pelo então presidente dos EUA, Bill Clinton.

“A situação atual é insustentável. Nosso povo precisa de esperança genuína e de ver esforços críveis para acabar com esse conflito, pôr fim à miséria e conseguir seus direitos. Quanto tempo Israel seguirá acima da lei internacional, sem prestar contas?”, questionou.

Com informações do Opera Mundi

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

27  +    =  30

Botão Voltar ao topo