Ministro da Educação demite presidente da Capes e não anuncia novo titular

Benedito Guimarães Neto estava no cargo desde janeiro de 2020

O presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Benedito Guimarães Neto, foi demitido do cargo pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, na última sexta-feira (9).

De acordo com a Folha de S.Paulo, a informação foi confirmada por Neto ao jornal, mesmo antes de anúncio oficial por meio do Diário Oficial da União (DOU).

A Capes é responsável pela regulação e fomento da pós-graduação no país e é vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

Em declaração à Folha, ele disse que não sabe o motivo da demissão. “É um ato de gestão do ministro, sem me dar as explicações. Eu perguntei, ele disse que era uma decisão política”, afirmou.

Em seu Twitter, o ministro disse que a exoneração será publicada nesta segunda-feira (12) e afirmou que o próximo presidente da Capes será “um profissional de perfil técnico e acadêmico”. Porém, disse que o nome será divulgado “oportunamente”.

Desde janeiro de 2020 no cargo, Neto já tinha defendido a abordagem educacional do criacionismo em contraponto à teoria da evolução. Durante sua atuação na Capes, foi alterado o formato de distribuição de bolsas, que esvaziou o fomento para a área de humanas.

Brasil de Fato

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9  +  1  =  

Botão Voltar ao topo