Sinpro-PI: Novo decreto proíbe aulas presenciais e atividades econômicas em todo o Piauí

Determinações foram anunciadas após alta nas internações de pacientes graves de Covid-19. Medidas restritivas passam a vigorar nesta quarta-feira (24) e seguem até 7 de março

O Governo do Piauí anunciou um novo decreto que restringe atividades econômicas consideradas não-essenciais e suspende as aulas presenciais em escolas públicas e particulares, além de outras medidas. O decreto passa a vigorar nesta quarta-feira (24) e as medidas seguem até 7 de março.

Segundo o secretário de governo Osmar Júnior, o comércio em geral terá atividades de atendimento presencial suspensas, e poderão funcionar apenas por delivery. Apenas atividades essenciais, como supermercados, padarias e farmácias, poderão funcionar.

As escolas devem ter aulas apenas no formato remoto. Escolas públicas e particulares que estavam oferecendo o ensino híbrido (presencial e remoto) devem deixar de oferecer a modalidade.

“Entendimento do COE e da equipe técnica da prefeitura de Teresina é de que precisaríamos tomar medidas mais restritivas no sentido de impedir o crescimento desse contágio”, comentou Osmar Júnior.

Do G1 PI

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  49  =  57

Botão Voltar ao topo