CTB realiza live musical, Dia da Consciência Negra, em homenagem ao Mestre Sala dos Mares João Cândido

Por Railídia Carvalho

A Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) faz uma homenagem nesta sexta-feira (20) a João Cândido, líder da Revolta da Chibata. Na data que marca o Dia da Consciência Negra, a central transmitirá pelo canal no Youtube duas horas de show com os artistas Robherval Santos e Vanessa Borges. Adilson Araújo, presidente da CTB, e Mônica Custódio, secretária da Igualdade Racial da central, também participam da live, que começa às 19h. Para assistir Clique AQUI.

Faz 51 anos que João Cândido faleceu após ser perseguido a vida inteira pelo Estado brasileiro por lutar contra os maus-tratos na Marinha brasileira. A violência física vitimava os marinheiros, em sua maioria negros. Em 1910 explodiu a revolta. Com a Live “Canto ao Almirante”, a CTB relembra o legado do Mestre Sala dos Mares, nomeado assim pelo compositor Aldir Blanc no samba homônimo.

“João Cândido é uma bandeira de direitos humanos contra a escravidão e contra a exploração do ser humano”, afirmou Robherval ao Portal CTB. O cantor, compositor e instrumentista baiano preparou um repertório que homenageia artistas afro-brasileiros que abordam as questões sociais como Gilberto Gil, Luiz Melodia e Ederaldo Gentil. Robherval também vai interpretar canções do tradicional bloco Ilê Ayê, da Bahia.

Na opinião de Mônica, a música e a cultura sempre foram formas de resistência. “Precisamos ter beleza, a cultura é expressiva do ponto de vista daquilo que podemos revolucionar, ela estrutura nossa emoção para resistir e continuar lutando”.

Adilson Araújo lembrou que 20 de novembro é o dia de celebrar as conquistas da população negra e denunciar o racismo estrutural no Brasil que tira muitas vidas. “Nesta pandemia a população negra foi a mais vitimada. É preciso lutar para mudar essa realidade perversa”.

Vanessa Borges vem revolucionando com a canção Dandara, de autoria dela e que vem sensibilizando meninas e mulheres negras. A cantora prometeu que essa é musica obrigatória no repertório da live desta sexta. “Tenho muito orgulho da música que fortaleceu varias meninas. Recebo convites de meninas negras para apresentar nas escolas. Recebo vídeo de crianças cantando a música”, contou ao Portal CTB. A composição surgiu após ela entrar em contato com a história de Dandara, liderança ao lado de Zumbi no Quilombo dos Palmares.

A cantora afirmou que está muito feliz em ter sido convidada para este evento. “Um abraço aos trabalhadores e as trabalhadoras que lutam por este país. Vou dar o meu melhor. Vamos usar este momento para abstrair essa energia que a gente está vivendo por conta da pandemia”.

Robherval também deixou um recado: “Participem nesta sexta-feira, dia da consciência negra, da live em homenagem a João Cândido, o mestre sala dos mares que lutou pela igualdade do trabalho na marinha do brasil. Luta que é um símbolo para a igualdade de direitos para trabalhadores e trabalhadoras brasileiros”

CTB

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo