E vem lá de Minas Gerais: Saaemg realiza primeira campanha de vacinação contra a gripe para os trabalhadores

A presidente do sindicato, Rogerlan Augusta de Morais, classificou como positiva a iniciativa que, segundo ela, está mantida para o próximo ano. “Nosso objetivo é oferecer a vacina para o trabalhador e trabalhadora que está fora do público-alvo da campanha do governo, que também pode adoecer”, explica ela.

_DSC2558

A vacinação contra a gripe está disponível na rede pública para os seguintes públicos: pessoas com 60 anos ou mais, mulheres no período pós-parto, crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes e portadores de doenças crônicas, como asma e diabetes. Pessoas fora desse público, só podem se vacinar no sistema particular e a dose da vacina custa, em média, R$ 60. Pelo sindicato, o associado pagou a metade do preço (R$ 30 em dinheiro). Esse valor foi possível graças à parceria entre o Saaemg e o Sesc.

A secretária-geral do Saamg, a técnica de enfermagem Roberta Mayrink, que trabalhou na coordenação da campanha, lembra que “a defesa pela saúde do trabalhador está presente em todas as negociações defendidas pelo Saamg”. “A saúde é nosso bem maior.”

Adesão

_DSC2532

A adesão dos associados se deu por meio do site da instituição. Uma enquete ficou no ar durante 46 dias. Nesse período, os auxiliares de administração escolar puderam responder “sim” ou “não” pela vacinação no sindicato. Antes, todos já haviam sido informados por carta e e-mail. Ao final, 95,29% dos trabalhadores que acessaram o site da instituição responderam positivamente.

Juliana Ferreira Rocha, de 32 anos, que trabalha na Rede de Ensino Genoma, em Betim, na região metropolitana da capital, foi uma das associadas que compareceram à sede do sindicato. “Gostei da iniciativa e o preço também foi um diferencial importante. Ano passado paguei R$ 60 pela vacina”, lembrou ela.

Rosiane de Carvalho, de 36 anos, que trabalha na PUC-Virtual, em Belo Horizonte, também gostou da iniciativa. “Tomo essa vacina há dez anos e nunca tive problemas. Este ano, quando fiquei sabendo, resolvi participar”, disse ela.

Os trabalhadores do Saaemg também aproveitaram para receber a dose da vacina. Matheus Augusto, do setor de patrimônio, foi um deles. “Cuidar da saúde é fundamental e iniciativas como essa nos ajudam nesse sentido.”

Por Anderson Martins Pereira, do Saaemg

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

71  +    =  79

Botão Voltar ao topo