Haddad se reúne com grupo de Economia da transição; governo eleito colhe assinaturas para PEC do Estouro

Cotado para o Ministério da Fazenda, o ex-prefeito recebeu o aval de Lula para participar das conversas

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), cotado para assumir o Ministério da Fazenda, se reúne nesta terça-feira (29), em Brasília, com Guilherme Mello, um dos coordenadores do grupo de Economia da equipe de transição. O petista também terá encontros com o ex-ministro Nelson Barbosa e com o empresário Gabriel Galíopolo.

Em coletiva realizada na segunda (28), Haddad disse que recebeu o aval de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para participar das reuniões dos economistas da transição. O petista não revelou qual será o teor do encontro desta terça.

Enquanto isso, senadores aliados do governo eleito colhem assinaturas para que a PEC do Estouro seja instaurada. Até a noite de segunda, a proposta já contava com cerca de metade das 27 assinaturas necessárias para começar a tramitar na Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

Depois de uma série de adiamentos, o texto foi apresentado com a previsão de até R$ 198 bilhões de recursos fora do teto de gastos para custear o novo Bolsa Família, com parcelas de R$ 600, e fazer investimentos.

Às 14h, PT, PCdoB, PV e PSB devem se reunir para discutir o apoio à reeleição de Arthur Lira para a presidência da Câmara. Às 16h30, devem realizar coletiva. O apoio petista seria uma contrapartida ao apoio de Lira à PEC do Estouro.

Também nesta terça-feira, o grupo técnico de Educação realiza uma coletiva de imprensa, às 15h, com o objetivo de expor um diagnóstico sobre a área. Os grupos de Mulheres, Saúde, Desenvolvimento Agrário e Cidades têm agendas internas.

CNN Brasil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6  +  1  =  

Botão Voltar ao topo