Liberdade de imprensa: ranking coloca o Brasil na posição 110 entre 180 países

A organização Repórteres Sem Fronteiras divulgou o novo ranking pelo mundo e o Brasil está numa posição ruim

A vigésima edição do levantamento da Organização Repórteres Sem Fronteiras destacou o que chamou de dupla polarização no mundo – tanto dentro de países quanto entre países. O Jornal Hoje mostrou como está o ranking de liberdade de imprensa.

Segundo o relatório, a invasão da Rússia à Ucrânia revela esse fenômeno de forma emblemática com a guerra de propaganda. O país russo, inclusive, está entre os países na lista vermelha, onde a situação é considerada muito grave.

Nunca tantos países entraram nessa classificação. Outros exemplos com forte repressão são Belarus, China e Mianmar.

O relatório destacou ainda o crescimento do discurso anti-imprensa e citou especificamente o Brasil, com ataques cada vez mais visíveis e virulentos, que – entre outras coisas – incentivam assédio on-line e campanhas de difamação e intimidação – especialmente contra mulheres.

A ONG ressaltou que a relação entre a imprensa e o governo se deteriorou muito desde a posse do presidente Jair Bolsonaro. O Brasil subiu apenas um lugar do ano passado pra cá e está na posição 110 de um total de 180 países.

G1 Jornal Hoje

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

67  +    =  75

Botão Voltar ao topo