Sinpro Goiás: Solicitações relativas ao enfrentamento da pandemia da Covid-19 específicas da categoria docente

O Sindicato dos Professores do Estado de Goiás, consciente do momento ainda complexo da pandemia e dos riscos de um retorno presencial sem segurança às salas de aula, encaminhou nesta terça-feira, 12/01/2021, um ofício ao governo do estado com um pedido de que também se incluam, entre os primeiros grupos de prioridade na vacinação para imunizar contra a Covid-19, os/as professores/as das instituições de ensino.

A imprensa noticiou nos últimos dias que, atualmente, por diversos fatores, todos os estados brasileiros tiveram um real aumento na curva da pandemia, especialmente nos índices medidos de novembro/20 a janeiro/21, com preocupante crescimento geral no número de óbitos e nas taxas de ocupação de leitos em UTI.

Hoje, graças às acertadas medidas pretéritas adotadas, o estado de Goiás minimizou significativamente o crescimento desses números, situação que não se observa em outros estados que optaram por uma postura liberalista durante a condução da pandemia.

O Sinpro Goiás reconhece que a melhor forma de trabalho para nossa categoria são as aulas presenciais, mas não a qualquer custo. É extremamente necessário garantir a inclusão dos docentes no grupo prioritário de vacinação da Covid-19, prestes a se iniciar em nosso estado.

Não se trata de privilégio priorizar a categoria docente no plano de vacinação, mas sim, a educação de crianças e jovens de nosso estado, as quais necessitam retomar, com segurança, o seu processo de desenvolvimento, convivência social e cuidado, garantindo a saúde e a vida dos profissionais da educação, que diuturnamente se dedicam à construção de um mundo melhor.

Diretoria do Sinpro Goiás

Sinpro Goiás

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo