Conselho Político trata sobre PEC do Bolsa Família com líderes do Congresso

Conselho Político se reuniu hoje com líderes do Congresso, debateu prazo de validade da PEC do Bolsa Família e a necessidade de garantir o benefício já para o ano que vem

Em reunião ampliada, o Conselho Político do Gabinete de Transição, formado por 14 partidos políticos, se encontraram nesta quarta-feira (23) na sede do CCBB, em Brasília-DF, com a presença dos líderes dessas legendas no Congresso Nacional.

Em pauta, a integração dos parlamentares que foram anunciados ontem para os Grupos de Trabalho (GTs) e ainda sobre o prazo de validade da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Bolsa Família que deve estar em tramitação já na próxima semana no Congresso Nacional.

Em declaração à jornalistas, a presidenta do PT, Gleisi Hoffman falou sobre o encontro. Para a dirigente, o grande desafio que o Conselho Político tem neste momento é a garantia da aprovação da PEC do Bolsa Família no Congresso Nacional “e ter o espaço fiscal para que a gente possa fazer as entregas que foram pactuadas com a população brasileira”, ressaltou.

Gleisi afirmou que é preciso conversar com os demais partidos na tentativa de ampliar a base no legislativo federal e que na reunião, os líderes disseram que estão dispostos a fazer isso. “Julgo que é importante a gente ter essa coesão e poder fazer essa construção”.

A presidenta do PT classificou como “grande desafio, o debate sobre o prazo de validade da PEC”, qual o prazo que se estenderia. “Esse hoje é o maior ruído que a gente tem dentro do Congresso Nacional”. Porém, disse ela, confiar na “sensibilidade” dos parlamentares em aprovar essa proposta.

“É uma Casa que é da política, é representante do povo e vai dar uma solução mais duradora para que a gente tenha previsibilidade no sentido de implementar uma política como a do Bolsa Família e outras políticas sociais para o nosso povo que tanto precisa”, afirmou Gleisi.

A reunião tratou também sobre o momento da transição, “a importante contribuição de todos os partidos neste processo e os prazos que os GTs terão para a entrega dos relatórios”, contou.

A presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos que compõe o Conselho Político ressaltou, ao Portal Vermelho, o fato das presenças na reunião do coordenador geral do Gabinete de Transição e vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin “e dos líderes dessa nova composição mais ampla da base do novo governo, líderes do Senado e da Câmara”.

“Nós focamos o debate nessa necessidade de garantir que se abra o orçamento para aquilo que foi o compromisso de campanha do presidente Lula, como a PEC do Bolsa Família, ou outra ferramenta de modo a garantir os objetivos que é viabilizar esse assunto tão gritante da situação do povo que está excluído de qualquer condição básica de sobrevivência. Basicamente, a reunião foi pautada por como garantir essa janela fiscal dos compromissos de campanha”, afirmou Luciana.

O coordenador geral do Gabinete de Transição, Geraldo Alckmin coordenou a reunião ao lado da presidenta do PT, Gleisi Hoffman. Os líderes e dirigentes nacionais do PT, PCdoB, PV, Avante, Agir, Federação PSDB/Cidadania, MDB, PDT, PROS, PSD, PSB, Psol, Rede e Solidariedade estiveram presentes no encontro.

Vermelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8  +  1  =  

Botão Voltar ao topo