Sinpro-JF: Professores se reúnem em assembleia para debater retorno seguro e defesa da Convenção Coletiva

No último sábado (12/6), o Sinpro-JF reuniu os professores da Rede Particular em assembleia. A categoria discutiu pontos importantes a serem pensados para um retorno seguro das aulas presenciais. Os trabalhadores aprovaram, por unanimidade, um documento que elenca medidas que devem ser cobradas dos estabelecimentos de ensino e do poder público para a segurança dos profissionais, dos estudantes e das famílias.

A adesão às medidas de biossegurança, embasadas cientificamente, que assegurem ventilação, número reduzido de alunos e distanciamento dentro das salas de aula, entre outros ítens, como avanço da vacinação e critérios claros para o ensino híbrido, constam do texto.

A categoria também apontou que deve ser considerada, para o retorno das aulas presenciais, a avaliação do contexto epidemiológico adequado, uma vez que situações de recrudescimento da pandemia, como ocorreu no primeiro semestre desse ano, exigem medidas de isolamento social para a preservação da vida. O mesmo conteúdo também será agora analisado pela assembleia da Rede Municipal que acontece nesta terça-feira, 15.

Luta pela renovação da CCT segue

Os professores deliberaram pela realização de assembleia no dia 26 de junho, às 10h30, pela plataforma  Zoom. A categoria manteve o indicativo de paralisação em defesa dos seus direitos que estão sob risco até que a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) seja renovada.

O Sinpro-JF tem agendada uma nova rodada de negociações com os representantes dos estabelecimentos de ensino no dia 23. O sindicato informou que pleitos dos professores, como a delimitação de número de avaliações e regras para o ensino à distância, seguem em mesa.

Os professores permanecem mobilizados na luta para garantir a CCT. Os trabalhadores constituíram um grupo, que se reunirá ainda essa semana, para a reflexão sobre pontos da pauta de reivindicações.

Do Sinpro-JF

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

27  +    =  36

Botão Voltar ao topo