Sinpro Pernambuco: Professores entram em estado de greve

Reunidos em assembleia virtual, os(as) professores(as) das escolas particulares discutiram sobre os rumos da campanha salarial da categoria.

Os(as) professores(as) apresentaram uma pauta ao sindicato patronal, reivindicando, sobretudo, o reajuste salarial, a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho, garantindo todos os direitos da categoria, e a regulamentação do ensino híbrido/remoto que vem sendo vivenciado nas escolas.

Além das pautas mais específicas, os(as) professores(as) também fizeram graves denúncias acerca dos riscos de contágio com a Covid-19 existentes nas instituições de ensino que estão com aulas presenciais.

E, diante o quadro, a categoria decidiu em acatar o estado de greve, visando, assim, alertar à população pernambucana sobre os riscos que estão presentes nas escolas particulares, bem como a exigência, quanto às suas demandas, frente às normativas presentes na Convenção Coletiva de Trabalho.

As negociações já estão acontecendo e, de acordo com a comissão de negociação, até o momento, o Sinepe não sinalizou positivamente quanto às demandas apresentadas pelo Sinpro Pernambuco.

Do Sinpro Pernambuco

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4  +  3  =  

Botão Voltar ao topo