Calculadora do Dieese evidencia perversidade da PEC 287 contra o direito de aposentadoria

Uma professora da educação básica, nascida em 1970, que tenha começado a lecionar aos 23 anos, pelas regras atuais de aposentadoria, precisaria apenas de mais um ao de contribuição para se aposentar. Caso queira receber 100% do salário de benefício, tem de contribuir mais seis anos e se aposentar aos 53. Em contrapartida, se a proposta de reforma da Previdência passar, essa mesma professora deverá contribuir mais 25 anos para ter sua aposentadoria integral — praticamente o dobro do tempo que já trabalhou até aqui.

Fazer esse cálculo, para todas as profissões, é facilitado pela Calculadora da Aposentadoria do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Quanto tempo você deverá trabalhar para se aposentar com valor integral? Ou para atingir a idade mínima? Ou para atingir o tempo mínimo de contribuição? A ferramenta desenvolvida pelo Dieese permite que você faça simulações e compare o resultado dos cálculos, segundo a lei atual da Previdência e a partir das novas regras da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287.

E, se os números não mentem, fica ainda mais evidente que o projeto de reforma da Previdência proposto pelo governo Temer retarda, em muito, o início da aposentadoria, além de reduzir substancialmente o valor dos benefícios previdenciários e restringe o alcance da assistência social.

Calcule:

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Boa tarde,
    Só tenho 16 anos e 4meses de contribuição, com idade hj de 56 e 8 meses.
    Será que eu posso contribuir com o carnê, para completar os 30 anos necessário?
    Estou angustiada, pois apesar da pouca idade, já estou com debilitação no corpo.
    Pois trabalhei 14 anos sem carteira assinada, o que agora séria a exatidão para.mim aposentar.

    Grata
    Tânia Arnoud

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  33  =  39

Botão Voltar ao topo