Fux “repudia tentativa de colocar em xeque” o processo eleitoral e apoia Fachin

“Em nome do STF, o ministro Fux repudiou que, a cerca de 70 dias das eleições, haja tentativa de se colocar em xeque mediante a comunidade internacional o processo eleitoral e as urnas eletrônicas”, diz nota. Presidente do STF teve reunião com presidente do TSE, ministro Edson Fachin, e condenou a tentativa de desmoralizar urnas perante embaixadores

Após Jair Bolsonaro atacar o sistema eleitoral e as urnas eletrônicas em reunião com embaixadores, na segunda-feira (18), o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, se reuniu por videoconferência no início da tarde desta terça-feira (19) com o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Edson Fachin.

No encontro, Fux condenou a tentativa de Bolsonaro de colocar em xeque as urnas eletrônicas e reafirmou a confiança no sistema eleitoral brasileiro.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do STF, na ocasião, os dois conversaram sobre os recentes ataques ao Poder Judiciário e ao processo eleitoral brasileiro.

Ainda segundo a nota, Fux reiterou a Fachin “confiança total na higidez do processo eleitoral e na integridade dos juízes que compõem o TSE”.

ÀS VÉSPERAS DAS ELEIÇÕES

“Em nome do STF, o ministro Fux repudiou que, a cerca de 70 dias das eleições, haja tentativa de se colocar em xeque mediante a comunidade internacional o processo eleitoral e as urnas eletrônicas, que têm garantido a democracia brasileira nas últimas décadas”, está escrito no texto.

Nesta segunda-feira, em reunião com diversos embaixadores no Palácio da Alvorada, o presidente da República fez apresentação sem provas contra o processo eleitoral.

Em discurso, o chefe do Executivo voltou a fazer acusações infundadas sobre a segurança e a confiabilidade do sistema eleitoral brasileiro, além de criticar o STF, o TSE e os respectivos ministros dos tribunais superiores.

Em evento no Paraná logo depois, Fachin fez discurso duro e, sem citar nomes, pediu um “basta à desinformação e ao populismo autoritário” de Jair Bolsonaro na condução do debate político-eleitoral.

O presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD), e presidenciáveis também condenaram as declarações de Bolsonaro a embaixadores.

Até o presente momento, apenas o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), aliado de Bolsonaro, não se manifestou.

RESTABELECIMENTO DA VERDADE

Na reunião, Bolsonaro disse, entre tantas outras mentiras, que o ministro Luís Roberto Barroso proferiu palestra sob o tema “Como se livrar de um presidente”, em evento realizado na Universidade do Texas (EUA).

Assim, por meio de nota, o gabinete do ministro, mais uma vez desmente a mentira do chefe do Poder Executivo:

“Nota do gabinete do ministro Luís Roberto Barroso sobre palestra no exterior

O ministro falou sobre “Populismo Autoritário, Resistência Democrática e Papel das Supremas Cortes” em evento na Universidade do Texas.

Cumprindo o cansativo dever de restabelecer a verdade diante de mentiras reiteradamente proferidas, o gabinete do ministro Luís Roberto Barroso informa que ele jamais proferiu palestra no exterior sob o título ‘Como se livrar de um presidente’. Em evento realizado na Universidade do Texas, a palestra do ministro foi sobre ‘Populismo Autoritário, Resistência Democrática e Papel das Supremas Cortes’.

Tanto o vídeo da apresentação quanto o texto em que se baseou a palestra são públicos e os links se encontram abaixo.

No evento, foram discutidos temas como separação de Poderes, semipresidencialismo, papel dos tribunais e impeachment. Como alguns dos trabalhos apresentados eram efetivamente sobre mecanismos para afastamento de presidentes na América Latina, os estudantes que organizaram o evento deram-lhe o título de “Ditching a President: Constitutional Design of the Executive Branch in Latin America” (“Afastando um Presidente: Desenho Constitucional do Poder Executivo na América Latina”). Nenhum dos expositores sequer tocou no tema de eventual impeachment do atual Presidente do Brasil.

– Clique para assistir ao vídeo da apresentação do Ministro Luís Roberto Barroso.

– Clique para ler o texto que serviu de base para a apresentação do Ministro Luís Roberto Barroso”.

Hora do Povo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  27  =  31

Botão Voltar ao topo