COMPARTILHE
Reprodução

A Contee realizou hoje (28), com a participação de dezenas de representantes dos sindicatos filiados, uma reunião remota para tratar do agravamento da situação dos trabalhadores da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC) em todo o país e buscar uma ação nacional jurídica e política que possibilite aos sindicatos recursos para assegurar efetivamente os direitos de professores e técnicos administrativos.

Relatos de demissões, acordos unilaterais que prejudicam o trabalhador, fechamento de unidades e dilapidação de patrimônio pela Rede CNEC foram compartilhados por dirigentes sindicais de diferentes estados e regiões do Brasil. “Os sindicatos têm atuado fortemente, mas não adianta tratar a questão da CNEC de forma individualizada, uma vez que os problemas se repetem. É importante fazer uma articulação nacional”, propôs o coordenador da Secretaria de Assuntos Institucionais da Contee, Rodrigo Pereira de Paula, uma dos articuladores da reunião.

A coordenadora da Secretaria de Assuntos Educacionais da Confederação, Adércia Bezerra Hostin dos Santos, alertou para o fato de que os problemas não são de agora. “Temos que localizar historicamente a questão da CNEC. Não é do ano de 2020, é anterior à pandemia”, observou, narrando as tensões nas tentativas de acordo, as retaliações às mobilizações das entidades e da categoria e os impactos sociais de fechamento de unidades no meio do ano letivo, sem qualquer preocupação com a comunidade escolar. O coordenador da Secretaria de Assuntos Jurídicos, João Batista da Silveira, concordou, apontando os milhares de trabalhadores prejudicados em todo o país.

O consultor jurídico da Contee, José Geraldo de Santana Oliveira, fez uma explanação das possibilidades de medidas a serem tomadas, que serão encaminhadas junto aos sindicatos da base. Da Diretoria Executiva da Confederação, também estiveram na reunião a coordenadora em exercício da Secretaria-Geral, Cristina Castro; o coordenador da Secretaria de Finanças, José de Ribamar Virgolino Barroso; a coordenadora da Secretaria de Formação, Guilhermina Luzia da Rocha; a coordenadora da Secretaria de Relações Internacionais, Maria Clotilde Lemos Petta; e o coordenador da Secretaria de Comunicação Social, Alan Francisco de Carvalho.

Por Táscia Souza

COMPARTILHE

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME