Nota de solidariedade aos/às educadores/as do Paraná

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee expressa sua solidariedade à luta dos educadores e educadoras das escolas estaduais do Paraná, em greve de fome desde o fim da última semana, em protesto contra a tirania do governo de Ratinho Junior (PSD).

Entre as razões das queixas estão o processo de militarização das escolas paranaenses, que culminou no fechamento do turno da noite de várias instituições, bem como o anúncio de uma prova de concurso para professores temporários, que reunirá cerca de 90 mil candidatos — que ainda precisarão pagar o valor da inscrição —em plena pandemia. E isso sem garantia nem de segurança sanitária nem de que de fato conseguirão o trabalho no próximo ano.

A Contee manifesta todo seu apoio à luta do APP-Sindicato e dos trabalhadores e trabalhadoras em educação do estado do Paraná e se une a eles nessa denúncia nacional.

Brasília, 23 de novembro de 2020.

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  39  =  42

Botão Voltar ao topo