Em 4 anos de mandato, Bolsonaro construiu apenas 7 escolas de 460 projetos

Este é mais um dado relevante de que o atual governo não tem realizações para mostrar à população. Gestão bolsonarista é um fracasso total

Por qualquer ângulo que se observa o governo de Jair Bolsonaro (PL), a conclusão é que se trata de uma gestão totalmente fracassada.

É o que revela o levantamento do Estadão. A reportagem mostra que em quase quatro anos de mandato, Bolsonaro só começou e concluiu a construção de sete escolas. Uma dessas foi a ampliação, em Dom Feliciano (RS).

A responsabilidade dessas obras é do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), que é controlado pelo Centrão, que adotou como regra a prática de pingar poucos recursos em muitos projetos de diferentes municípios.

Trata-se, pois, de movimento eleitoreiro, tanto do governo federal, quanto dos “padrinhos” dessas obras — deputados federais ou senadores — por meio do chamado “orçamento secreto”.

INÍCIO GARANTIDO, CONCLUSÃO, NÃO

A manobra faz com que se avolumem obras em andamento e não garante que essas sejam concluídas. Isto é, o início da obra é certo, para efeito propagandístico, de interesse do agente político.

Isso permite aos agentes políticos venderem a ideia de que estão fazendo alguma coisa. O processo para a construção das sete obras começou em 2019 e essas só foram finalizadas porque os prefeitos não esperaram pelo governo e injetaram recursos próprios nas obras.

O levantamento foi feito no sistema interno do FNDE, veiculou o Estadão, que analisou todas as obras prometidas por meio de termos de compromisso.

GRANDE PASSIVO DO GOVERNO

Pelo levantamento, foram verificados os status de 460 projetos iniciados desde o começo — em 1º de janeiro de 2019 — do mandato de Bolsonaro até semana passada.

Como terminaram as obras sem que todo o desembolso pelo FNDE fosse concluído, as prefeituras têm a receber R$ 6,8 milhões do governo federal.

Além de Dom Feliciano, há ainda, Amargosa (BA), Nova Itarana (BA), Lapão (BA), com duas obras, Protásio Alves (RS) e Lebon Régis (SC). Não há prazo para isso ocorrer.

Até o momento, o FNDE não se manifestou sobre essa demanda. No balanço de maio, o órgão informou que concluiu 274 obras neste ano. Não disse, porém, quando começaram.

Técnicos afirmam que a duração média de construção com recursos do fundo está em 15 anos.

GOVERNO MENTIROSO

Noutra matéria veiculada em março deste, o Estadão revela que o governo do presidente Jair Bolsonaro é mais que “maquiador” de informações. É mentiroso.

É falso que o governo federal tenha construído 400 mil casas em São Mateus, no Espírito Santo — na verdade, foram 434 imóveis. Tampouco é verdade que a gestão Bolsonaro seja responsável pela perfuração de poços de gás na Amazônia — a Petrobrás já explora a commodity na região há mais de 30 anos.

Essas e outras alegações enganosas são feitas em lista que circula no WhatsApp com ao menos 54 supostos feitos do presidente e o título “Por que Bolsonaro é mito”.

Leitores solicitaram a checagem deste conteúdo pelo WhatsApp do Estadão Verifica, (11) 97683-7490.

Hora do Povo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  37  =  43

Botão Voltar ao topo