Nota em apoio ao Sinpro-SF e à Fevre

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee se une ao Sindicato dos Professores do Sul Fluminense (Sinpro-SF) no repúdio à gestão do prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto (DEM), e seus ataques à Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre).

Desde o começo do ano, logo após a posse da nova administração municipal, a instituição vem sendo alvejada por uma política de desmonte. Uma das primeiras ações do prefeito no cargo foi suspender o processo de seleção para ingresso de estudantes no ensino médio da Fevre em 2021. Já na última semana, a decisão foi acabar com 18 turmas de ensino médio da instituição, sob o argumento de que o nível de ensino é atribuição do estado, e não do município.

Há 53 anos a Fevre oferece educação gratuita e de qualidade para crianças e adolescentes de Volta Redonda. Ao longo dessas mais de cinco décadas, a instituição tornou-se conhecida e reconhecida pela ótima qualidade de ensino, destacando-se no preparo dos estudantes secundaristas, com cursos técnicos e o pré-vestibular social, e ajudando-os a ingressar nas melhores escolas técnicas e universidades públicas e privadas do país. A fundação conta ainda com o Centro de Qualificação Profissional para jovens e adultos, que é responsável por oferecer qualificação gratuita para os participantes.

Diante disso, a Contee, juntamente com o Sinpro-SF, expressa sua posição veemente em defesa da Fevre e da continuidade do ensino médio ofertado pela instituição.

Brasília, 9 de agosto de 2021.

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3  +  4  =  

Botão Voltar ao topo