Sinpro-JF: Professores do setor privado intensificam luta no mês de agosto

Reunidos em assembleia na manhã do último sábado (6), os professores da Rede Particular debateram o processo de negociação salarial e definiram suas estratégias.

A intensa sobrecarga de trabalho, relatada por todos os colegas que se manifestaram durante a assembleia, além do descaso dos estabelecimentos de ensino que resistem em assegurar o mínimo de dignidade aos trabalhadores, criando obstáculos para o pagamento da correção inflacionária dos salários retroativa à data-base, tem alimentado a indignação da categoria. A reposição da inflação, ainda no ano de 2022, e a retroatividade integral do índice são princípios dos quais a categoria não abre mão!

Esse mesmo cenário se repete em várias regiões do país. A gravidade da situação motivou a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee) a convocar, para 17 de agosto, o Dia Nacional de Mobilização e Luta. Na assembleia, os professores de Juiz de Fora avaliaram a importância de marcar essa data na cidade por meio de ações que serão desenvolvidas pelo sindicato.

A categoria também deliberou pela ampla convocação de uma nova assembleia no dia 24 de agosto, COM A LIBERAÇÃO DOS PROFESSORES.

O Sinpro-JF, nos próximos dias, divulgará a agenda de mobilização da categoria no mês de agosto e todos os detalhes a respeito da assembleia. Fiquem atentos!

Do Sinpro-JF

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  27  =  35

Botão Voltar ao topo