COMPARTILHE
L.C. Leite/Folhapress

Conforme indicação feita no fim de semana durante o curso remoto de formação, a Diretoria Executiva da Contee aprovou no início desta tarde uma nota de apoio aos/às trabalhadores/as dos Correios:

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee manifesta seu apoio aos trabalhadores e trabalhadoras da Empresa de Correios e Telégrafos – ECT, cuja greve, deflagrada no dia 17 de agosto, é pauta, na tarde de hoje, de julgamento no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

A greve dos Correios foi decretada há pouco mais de um mês tendo como reivindicação a manutenção do acordo coletivo assinado em 2019 — que incluía o auxílio-creche, licença-maternidade de 180 dias e adicional de serviço noturno — e que, embora previsto para valer no ano que vem, foi suspenso após a pandemia. Mas a paralisação em defesa dos direitos da categoria é também uma defesa da própria estatal e contra a tentativa de privatização do patrimônio público.

Os trabalhadores e trabalhadoras do setor privado de ensino têm sentido na pele o desrespeito, os ataques aos direitos trabalhistas e a sanha privatista que se aproveita deste momento de crise sanitária, econômica e social para fazer valerem seus interesses. Por isso, nos solidarizamos com os trabalhadores e trabalhadoras da ECT e manifestamos que estamos ao seu lado nesta luta.

Brasília, 21 de setembro de 2020.

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee

COMPARTILHE

RESPONDER PARA:

POR FAVOR ENTRE COM SEU COMENTÁRIO!
POR FAVOR ENTRE COM SEU NOME