Desemprego preocupa 82% dos eleitores, aponta pesquisa

Apesar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontar queda do desemprego no país (ficou em 8,9% no trimestre encerrado em agosto ante 9,1% de julho), pesquisa realizada pelo Datafolha mostra que 82% dos eleitores se preocupam com a falta de vagas no mercado de trabalho.

De acordo com o Datafolha, na faixa de escolaridade, esse percentual é de 75% entre aqueles com ensino fundamental, 84% na faixa com ensino médio e 86% para quem tem ensino superior. Quando se avalia a percepção pela renda, o percentual começa em 79% para quem ganha até dois salários mínimos mensais (R$ 2.424), fica em torno de 85% nas faixas intermediárias de renda e vai a 88% para famílias na faixa acima de dez salários mínimos (R$ 12.120).

Ou seja, o desemprego preocupa mais quem tem maior escolaridade e maior rendimento.

Vagas sem registro

O IBGE também aponta que o trabalho sem carteira assinada bateu mais um recorde e chegou a 13,2 milhões de pessoas, 100 mil a mais do que na pesquisa anterior.

Outro fator que pesa para a população é que os postos de trabalho ofertados são precarizados, sem direitos, com salários reduzidos insuficientes para a sobrevivência do trabalhador.

Com informações das agências

CTB

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9  +  1  =  

Botão Voltar ao topo