Fepesp: O prêmio de Direitos Humanos – do educador, para os jornalistas

O Prêmio Vladimir Herzog é uma distinção jornalística mas tem tudo a ver com nossa categoria

Em primeiro lugar, Vladimir Herzog foi um professor. Lecionava jornalismo na Escola de Comunicações e Artes da USP, até 1975, quando foi preso por motivação política e brutalmente assassinado em uma delegacia montada pela ditadura militar (1964 – 1985).

A defesa das liberdades, da liberdade de expressão, da liberdade de cátedra, são importantes para os educadores. E, por isso, a Fepesp apoia a realização do premio – este ano em sua 42ª edição.

Este ano, tudo virtual!

Entrega dos prêmios: 25 de outubro, das 18h às 20h
Roda de conversa com os premiados24 de outubro, às 16 horas.

Laerte agradece a premiação

Cartunista levou dois prêmios: um pelo cartum Infernópolis (veja abaixo) e outro como prêmio especial 2020 – junto com os também premiados Luis Gama, abolicionista, e Sueli Carneiro, filósofa e educadora (saiba mais sobre o prêmio e os premiados especiais aqui).

Conheça os premiados em 2020

Clique nas imagens para ver, ler, ouvir ou assistir às peças premiadas.

 Da Fepesp

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo